SOSsego Vila Madalena

Minha foto
Vila Madalena, São Paulo, Brazil
o SOSsego Vila Madalena é um grupo de moradores do bairro que nasceu do grupo de trabalho “Diversidade e conflitos de Uso” criado na nossa Oficina do Bairro com Raquel Rolnik. o objetivo do grupo SOSsego é realizar ações e encaminhamentos junto às autoridades, para resgatar a nossa qualidade de vida prejudicada pelos excessos de uso recreacional nos bairros de Pinheiros. Somos moradores voluntários, sem interesse político. Desejamos um convívio harmonioso entre os setores comercial e residencial, para que desenvolvamos um COMÉRCIO SUSTENTÁVEL, a fim de reverter a degradação do nosso bairro. reunimo-nos regularmente na Paróquia de Sta. Maria Madalena, rua Girassol, 795. temos representantes constituídos na maioria das ruas do bairro, enviamos informes para os nossos membros por e-mail toda semana, e fazemos representações defendendo os nossos interesses em reuniões locais e no âmbito municipal. Temos feito abaixo assinado, petição, um mapeamento sonoro e debates.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Informe SOSsego Vila Madalena nº121 -Nabil Bonduki e Liminar contra o Carnaval

Boa noite Vizinhos,
 
1. Mais Cultura para a Vila Madalena - O nosso vereador local, Nabil Bonduki assumiu hoje a Secretaria de Cultura de São Paulo no lugar de Juca Ferreira (idealizador do maior Carnaval do Brasil em São Paulo e promovido a novo Ministro da Cultura).
 
O novo secretário da Cultura é professor titular do Departamento de Planejamento da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP). Comecou bem a sua carreira, coordenando no governo de Luiza Erundina a construção de mais de 10 mil moradias em mutirões e apoiando leis de inclusão social. Porém recentemente como relator do desastroso Plano Diretor, ajudou a diminuir em muito a qualidade de vida de milhões de pessoas nos próximos 16 anos, liberando o crescimento acelerado da cidade, a reordenação a favor dos interesses corporativos das regiões consolidadas como nossa Pinheiros e a invasão dos bairros por todo tipo de atividade nociva ao uso residencial.
 
Como Secretário da Cultura Nabil demonstra a sua verdadeira vocação de agitador cultural, pois a Casa da Cidade sempre promoveu a exploração cultural do bairro. 
 
Muitos moradores da Vila Madalena (incluindo a minha esposa) que votaram no Nabil Bonduki na última eleição, esperando que fosse o vereador dos moradores, ficaram decepcionados, pois nunca atendeu ao nosso abaixo assinado pedindo medidas para garantir a nossa qualidade de vida, e conforme o artigo do site do Nabil que retrata o encontro do ano passado “Seminário da Noite Paulistana" afirmou que "O Plano Diretor também traz uma dimensão cultural e de economia criativa que irá incentivar os equipamentos culturais de uso noturno(informe SOSsego Vila Madalena nº 88). A sua promessa foi integralmente cumprida, pois no PDE vastos trechos da cidade foram dedicados a uso 24 horas e a nova Lei de Uso e Ocupação do Solo prevê a liberação de todo tipo de comércio incômodo e incompatível com o uso residencial dentro dos bairros.
 
Se tivesse o voto distrital no nosso bairro, imagino que Nabil ficaria desempregado na próxima eleição...
 
2. o Carnaval acaba na 4ª feira? -A temporada já começou aqui no bairro com muitas reclamações de pré, pré ensaios por aqui. Já concedemos várias entrevistas incluindo à excelente matéria da Veja São Paulo . Agradecemos muito a atenção, porém precisamos esclarecer alguns detalhes:
 
A Prefeitura (ou Nabil Bonduki?) diz que “O que está sendo feito, por meio das Subprefeituras, é planejar os serviços e a infraestrutura necessária para causar o menor impacto possível aos moradores das regiões onde há grande concentração de blocos".
 
Os Moradores e Comerciantes da Vila Madalena representados pelo nosso abaixo-assinado de 1424 assinaturas não concordam com esta constatação, pois desde o DECRETO DA PREFEITURA nº. 54.815 de 05 de fevereiro de 2014, “regulamentando” o Carnaval de rua fizeram de tudo para estimular o crescimento da festa sem limites, desencadeando calamidade pública no bairro.



 
Visto que foram desconsideradas quase completamente as nossas reivindições protocoladas anteriormente, não vamos mais negociar, portanto hoje protocolamos no Ministério Público Estadual a nossa representação criada pelo grupo de coordenação justificando "MEDIDAS QUE ENTENDER CABÍVEIS PARA  IMEDIATAMENTE SUSPENDER E IMPEDIR A REALIZAÇÃO DO CARNAVAL DE RUA 2015 NA REGIÃO DA VILA MADALENA E PINHEIROS", incluindo: (i) instauração do competente Inquérito Civil específico para o objeto desta representação; (ii) ajuizamento de Ação Civil Pública, inclusive com pedido liminar em razão da sua urgência.
 
Agora temos que ficar ligando e enviando e-mails cobrando um rápido retorno em virtude do iminente risco de uma calamidade pública.
 
Não sabemos ainda qual vai ser o Promotor designado, mas provavelmente vai ser de Urbanismo e Meio Ambiente uma@mpsp.mp.br tel:(11) 3119-9000
 
Abraços,

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Informe SOSsego Vila Madalena nº119 - CONVITE REUNIÃO MORADORES E COMERCIANTES CARNAVAL 2015

Boa noite Vizinhos,
encaminhamos cópia do convite recebido por João Pedro e uma lista assustadora dos blocos -vamos ser massacrados.
Ressalto que, conforme detalhado no nosso último informe, na ausência de qualquer consideração humanitária na parte da Prefeitura e dos Blocos em relação às solicitações dos moradores e comerciantes protocoladas com abaixo assinado de 1424 assinaturas, estaremos fazendo uma representação ao Ministério Público a partir do final do recesso no dia 08 de Janeiro.
Um abraço,


----- Original Message -----
From: João Pedro Rosin
To: SOSsego Vila madalena
Sent: Friday, January 02, 2015 2:02 PM
Subject: URGENTE -CARNAVAL 2015 REUNIÃO MORADORES E COMERCIANTES


Feliz ano novo a todos.
Os velhos problemas, porém , continuam.
Segue abaixo a relação dos blocos para o carnaval de 2015 aqui em Pinheiros/Vila Madalena.
Estou mapeando os trajetos, dias, etc., Dá vontade de chorar. 

Marcamos uma REUNIÃO DE EMERGÊNCIA para o dia 06 de janeiro, terça feira, ás 19:00hs para conversarmos e ofertar uma contra proposta á Subprefeitura de Pinheiros e á Secretaria Municipal de Cultura ,com os quais teremos uma reunião  no dia 07 de janeiro , quarta feira, ás 19:00hs na subprefeitura,  de maneira que minimize os transtornos para os moradores e comerciantes , principalmente aqueles comerciantes  os quais  não tem como perfil de cliente os frequentadores para estas manifestações culturais.  

A reunião ocorrerá nesta próxima terça feira :
Rua Manuel Henrique Lopes, 33, Centro Comunitário do Conjunto do BNH ,.o qual agradeço por ceder o local.

Por favor, a quem receber este email, repassem aos seus amigos e vizinhos.
Peço ainda que vocês pensem em alguma medida ou solução para propor á Prefeitura, de modo a minimizar nossos já conhecidos transtornos.

Estarei preparando mais informações  para este dia, e peço enviarem para o meu email as propostas .

Tenham todos um excelente 2015. Unidos seremos respeitados.

João Pedro Rosin
Conselheiro eleito de saúde

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Informe SOSsego Vila Madalena nº118 - Muito mais cultura para a Vila Madalena em 2015

 
Boa noite Vizinhos.
 
Segundo noticiado na Folha de São Paulo, o baiano Juca Ferreira foi escolhido pela presidente Dilma Rousseff para comandar em Brasília o Ministério da Cultura no segundo mandato, confirmando a teoria de que samba e cerveja são o pão e vinho do novo império.
Juca, que atualmente ocupava a secretaria municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo e prometeu o maior carnaval do Brasil para a nossa cidade (informe SOSsego Vila Madalena nº 108) , provavelmente vai ser substituído pelo vereador Nabil Bonduki conhecido pelo seu ativismo cultural no feudo que se chama Vila Madalena.
 
Isso não traz bons ventos em 2015 para os moradores e comerciantes que sofrem dos impactos de vizinhança causados pelo excessivo uso boêmio do bairro, pois a Prefeitura está prestes de publicar seus planos do Carnaval 2015 elaborados com o apoio dos nossos "representantes" do Conselho Participativo Municipal de Pinheiros (CPM), desconsiderando quase totalmente as nossas solicitações protocoladas com abaixo assinado de 1420 assinaturas. Pelas informações recebidas (mapas) teremos nada menos que:
 
13 x dias de carnaval
4 x finais de semana
51 x blocos cadastrados (muitos organizados por casas noturnas que já causam impacto de vizinhança e ganharam alvará de funcionamento neste ano, sem terem as mínimas condições de estrutura e segurança).



 



Considerando que a comunidade solicitou poucos blocos, poucos dias, proibição de carros de som e de venda de bebida devemos concluir que novamente fomos sacaneados pela Prefeitura e agora pelo novo CPM, que apenas fingem escutar os cidadãos enquanto cedem o espaço público para quem paga o preço mais alto ou puxa o saco da nova administração.
 
Infelizmente foram esgotadas todas as vias de diálogo e vamos ser obrigados a procurar uma instância maior e quem sabe danos morais da Prefeitura para os moradores e lucros cessantes para os comércios.
 
Por enquanto, vamos saborear os únicos dias de SOSsego que temos direito, enquanto a muvuca está destruindo o litoral.
 
Desejo então um Feliz 2015 para todos quem respeitam a qualidade de vida do ser próximo e uma baita de uma ressaca para os que ignoram os nossos direitos de SOSsego como este cidadão, o terceiro invasor inebriado da nossa casa desse ano que ganhou o prêmio de ocupação do espaço 2014, passando pelo nosso quarto rumo ao seu próprio lar longe daqui, enquanto dormíamos no domingo retrasado!
 

Um abraço,


terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Informe SOSsego Vila Madalena nº117 -convite confraternização no CADES-PI, amanhã, 4ª feira

Boa noite Vizinhos,
 
Conforme a minha promessa nas urnas quando eleito conselheiro no CADES-PI, continuo lutando para uma vida mais sustentável no nosso bairro.
 
Para os moradores aflitos pelo plano de bairro da boemia não oficial que foi implantado na Vila Madalena e apoiado pela falta de fiscalização do poder público, não há motivo para celebrar este final de ano.
 
Julgando pela inatividade nos outros fóruns do bairro, esta reunião vai ser a nossa última chance de cobrar o poder público em 2014.
 
A reunião é aberta ao público e deve contar com a presença das autoridades e representantes da nossa comunidade.
 
Amanhã, 4ª feira, dia 10 de dezembro às 17:30 na Subprefeitura de Pinheiros.
 
Um abraço,
 

----- Original Message -----
To: CADES-PI
Sent: Tuesday, December 09, 2014 8:50 PM
Subject: inclusão na pauta: Confraternização dos membros da CADES

Boa tarde colegas.
 
Fico estarrecido em falar de fazer festa na reunião do CADES, enquanto os moradores menos abastados da Vila Madalena têm que viver uma vida infernal em função da inatividade da Subprefeitura.
 
Por isso, solicito a inclusão na pauta de amanhã um tema trazido pela comunidade e detalhado na solicitação à Subprefeitura em anexo feita no CONSEG na penúltima reunião. Os moradores das Ruas Harmonia, Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, todos os finais de semana estão sofrendo de uma festa promovendo a bebida JAMESON instalada no Estacionamento entre os números 114 e 150, com som amplificado a 89 dcbs., bebidas e "Food Trucks".
 
Para piorar, um gerador gigante fica ligado na Gonçalo Afonso em período integral e todas as solicitações enviadas à Subprefeitura pelos moradores em volta aparentemente têm sido ignoradas. Custa tanto mandar um fiscal ali, ou vai estragar o plano de bairro não oficial que foi implantado na Vila Madalena a despeito da qualidade de vida dos moradores?




 
Dias de festa até agora: 31 de outubro, dias 1,2,7,8,9,14,15,16,16,28,29,30 de novembro e dias 5,6,7 de dezembro, até o final do ano.
 
 
E visto que árvores valem mais do que vidas por aqui, veja o estrago ao lado da casa do Ariovaldo na rua Morás:
 
Será que a construtora ATLANTICA vai repor isso depois?
 
antes:
depois:
 
Vamos fazer algo antes de começar a festa?
 
Um abraço,
 
Tom Green,
 
(11) 3814-3799

sábado, 6 de dezembro de 2014

Informe SOSsego Vila Madalena nº116 -temos até domingo para melhorar o zoneamento!

Boa noite Vizinhos,
1. segue o convite da prefeitura para a oficina da revisão participativa do zoneamento, da Região Pinheiros, amanhã das 8:30 às 13h na faculdade Sumaré, Rua Capote Valente, 1121:
Conforme relatos recebidos das outras oficinas, sabemos que o evento trata-se de uma operação de relações públicas para vender o "produto" que já foi encomendado pelas muitas forças econômicas e políticas interessadas em explorar a Cidade. 
Se tivermos um PROCON de participação da sociedade civil, certamente teremos direito de um reembolso de algo que se vende como uma "oficina" mas que não tem condições quaisquer de lidar com os anseios dos bairros e desconsidera a opinião de todos que não concordam com os planos da presente gestão.
Ingênuo ou otário é quem acredita que em apenas 4 horas (cuja maior parte é tomada pela SMDU querendo nos convencer de que são melhor qualificados para reinventar o que nossos antepassados não sabiam) seríamos capazes de construir uma cidade mais justa e sustentável.
Não por isso que devemos nos calar, senão implica consentir, então o grupo SOSsego Vila Madalena, representando os 1440 moradores e comerciantes que assinaram o nosso abaixo assinado vai colocar a seguinte proposta para as categorias de uso não residencial no novo zoneamento:
Proposta para a criação de uma nova subcategoria de uso não residencial classificado como nR4 ou nR5 "usos incômodos, não compatíveis com o uso residencial, com qualquer área construída, geradores de viagens e atração de número significativo de usuários e geradores de ruídos que extravasam o imóvel", seguindo o disposto no art. 30 do PDE.
JUSTIFICATIVA -Não há provisão adequado nas subcategorias de uso atual para uso não residencial incomodo de pequena porte que gera ruídos, como casas noturnas e bares que tocam musica.
Estes não devem pertencer a categoria nR2 -uso residencial compatível com a vizinhança residencial, pois muitas vezes geram níveis de ruído e vibração muito além das limites permitidas por lei, assim contradizendo a função do nR2 sendo como "atividades que não causam impacto nocivo a vizinhança residencial".
Muito pelo contrário estes atividades são INCOMPATÍVEIS COM O USO RESIDENCIAL NAS ZONAS MISTAS, e com frequência causam degradação da vizinhança no entorno como por exemplo áreas do bairro da Vila Madalena.

Contudo o subcategoria nR3 -uso não residencial especial ou incomodo a vizinhança residencial, aparentemente considera apenas empreendimentos de grande porte.
Proponhamos então A CRIAÇÃO DE UMA NOVA SUBCATEGORIA que contempla restrições adequadas para uso não residencial de pequeno porte potencialmente incômodo à vizinhança residencial nas Zonas de Uso Misto, especificamente em relação a condicionamento do auto de funcionamento a ausência do uso residencial no entorno próximo e seu horário funcionamento como um fator agravante de incomodidade.
2. Encerramento das participações por internet 
Temos até a meia-noite no domingo para colocar mais sugestões na página da prefeitura disponível pelo link http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/regras-do-jogo/ .
Quem não tiver tempo para fazer, mas concorda conosco, pode retornar este e-mail e solicitar para ser incluído como colaborador.
Para quem quiser se aventurar, seguem umas dicas:
-clique no link formulário eletrônico e preencha o formulário com seu nome, acresente o contato de quem apóia a sua causa e marque como uma proposta para toda a cidade ou apenas nosso bairro conforme o exemplo abaixo.
Um abraço, Tom Green,

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Informe SOSsego Vila Madalena nº115 -convite reunião Zoneamento nos Bairros, Conselho Participativo e Plano de Bairro

Boa tarde Vizinhos,
1. Na sexta-feira vamos ter uma reunião no bairro muito importante sobre zoneamento e planos de bairro, com a presencia do único vereador a ter conseguido implantar em São Paulo um plano de bairro de sucesso (veja o convite a seguir).
Com a aproximação da nova lei de uso e ocupação do solo, precisaremos ficar muito espertos para que a Prefeitura não aproveite para piorar ainda mais a qualidade de vida do nosso bairro.
2. Na reunião ordinária do CONSEG ontem, o representante da Subprefeitura diz sorridente que os problemas de eventos no bairro tendiam a se aumentar, pois o público precisava de um lugar barato para se divertir.
Ainda declarou que a maioria dos estabelecimentos que gera reclamações é regular e portanto "não tem culpa" dos conflitos com a população moradora, pois quem causa são os frequentadores....(isso dito logo depois que o delegado havia relatado dois casos de estupro de meninas voltando de casas noturnas)...
Detalhe, a Subprefeitura de Pinheiros emitiu dezenas de alvarás de funcionamento para bares e casas noturnas no bairro este ano sem que (nas palavras do Presidente do CONSEG) eles tivessem as mínimas condições de segurança e estrutura para receber o público, ainda ponderou se devemos esperar por mais uma tragédia como a de Santa Maria para que o poder público levasse mais a sério.
3. Para piorar, a representante do Conselho Participativo Municipal de Pinheiros (CPM) que encabeçeu o "organização participativa" do evento declarou sumariamente que não existia a possibilidade de desistir do carnaval de rua no bairro e devemos planejar para mais 3 anos. O "bom senso ditava" que os blocos não poderão passar nem na Cardeal Arcoverde ou na Teodoro Sampaio, então durante os 3 finais de semana TODOS os blocos passarão pela Inácio Pereira da Rocha, caminho para o Largo da Batata.
Assim percebemos que quase nada do que foi reivindicado na nossa petição acompanhada por 1.440 assinaturas será atendido, condenando os moradores e comércios tradicionais do baixo Vila Madalena a mais um mês de castigo, cessão de lucros e pertubação de sossego, para garantir as liberdades de diversão do povo, longe da praça das Corujas abençoada por verbas parlamentares.
Nas mãos desse pessoal, dá para imaginar como será o nosso plano de bairro, pois já existem urbanistas falando por aqui que "a intensificação/adensamento dos usos não residenciais, que tem forte impacto sobre o bairro deve ser cerceado em parcelas do território já saturada!"
Obs. Cassio Calazans, que também é Conselheiro do CPM diz na reunião que os moradores sofrem o ano inteiro com a pertubação do sossego (assim cumprindo seu papel como um representante eleito da comunidade, ao invés de usar o conselho para promover seu bloco de carnaval, ou para aspirações políticas).
Um abraço, desanimado,

----- Original Message -----
Sent: Monday, November 03, 2014 10:15 AM
Subject: RE: Informe SOSsego Vila Madalena nº114 -


Boa tarde amigos.

Vamos realizar uma reunião da SAVIMA Sociedade Amigos de Vila Madalena dia 07 de novembro das 20hs as 22hs.
Local : Grupo 1 de Jornais de Bairro sito a rua dos Pinheiros, 423.

Convidado será o Vereador de São Paulo : Police Neto 
Tema a ser abordado : Zoneamento nos Bairros ; Conselho Participativo e Plano de Bairro.

Muito importante essa reunião e preciso que convidem amigos , moradores, comerciantes do bairro.
Conto com todos vocês.

Atenciosamente,


         Cassio Calazans de Freitas
      

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Informe SOSsego Vila Madalena nº114 - direito de manifesto

Boa noite Vizinhos.
1. No dia 18 de outubro, deixamos claro e com bom som a nossa insatisfação com o Plano Diretor, e as mudanças de zoneamento que serão impostas na Vila Madalena e na cidade como um todo, sob a bandeira de um "processo colaborativo" prometendo justiça social, que na verdade atende apenas os interesses políticos e econômicos de uma elite mascarada.
Até hoje o caderno de propostas disponível pelo link no site da prefeitura já teve 7.971 visualizações mas apenas uma pessoa gostou da página que fica hospedada junto a propagandas de empresas do setor imobiliário: http://hauson.com.br/  http://www.kairossengenharia.com.br/  http://www.jequitibaambiental.com.br/site/  http://www.exce.com.br/
No ponto de visto do SOSsego Vila Madalena, um ponto de interesse seriam as novas Classe de Usos (2.2.1) conforme disposto no art. 30 do PDE, com complementações e ajustes onde podemos reivindicar que os empreendimentos comercias novos que geram ruído e impactos de vizinhança como casas noturnas ou locais que tocam música devem ser classificadas como:
nR3 - Uso não residencial especial ou incômodo à vizinhança residencial. 
Segue um link do mapa de Pinheiros que já detalha os zoneamentos propostos, com praticamente nada reservado no bairro para ZEIS (Zona Especial de Interesse Social) que foi uma das principais justificativas para o adensamento da cidade no PDE e uma das promessas da Prefeitura para uma cidade mais justa e sustentável...
2. Outra promessa da Prefeitura e do novo Governo eleito foi a participação social.
Segue uma relação do blog do CPM (Conselho Participativo Municipal) sobre as suas preparações para o prometido maior carnaval de todos os tempos. Novamente percebemos que os anseios da população moradora são jogados às traças, a favor de um direito de se manifestar que vai muito além dos direitos de quem deseja simplesmente viver em paz.
Da mesma forma, uma ação civil pública impetrada pela Defensoria Pública de São Paulo, pretende limitar a atuação da Polícia Militar em manifestações - ao tratar da oposição entre direito de reunião e direito à ordem pública, os defensores alegam que o primeiro se sobrepõe ao segundo.
Cabe lembrar que foi apenas com uma ostensiva presença da PM que uma tragédia ainda maior não foi perpetrada no bairro, durante a Copa do Mundo e, pelo jeito, a Secretaria de Cultura está prometendo repetir a calamidade em nome da liberdade de manifestação em fevereiro próximo.
Pelo andamento do nosso novo Conselho e muitos outros por aqui, podemos advinhar que a primeira derrota política do novo governo em Brasília trata-se de uma grande vitória, pois já sabemos que seu aparelhamento por pessoas cooptadas pelo governo ou partidos e corporações representa um verdadeira golpe à democracia.